terça-feira, 5 de junho de 2018

Quimioterapia pode ser evitada em estágio inicial do câncer de mama

A maioria das mulheres com o tipo mais comum de câncer de mama em estágio inicial e com risco médio de reincidência da doença poderia evitar a quimioterapia após a cirurgia. É o que mostra um estudo apresentado no último domingo na reunião anual da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO), que termina nesta terça-feira, dia 5, nos Estados Unidos.
Batizado de TAILORx, o trabalho revelou que cerca de 70% das pacientes diagnosticadas com câncer de mama de receptores hormonais positivos e HER2 negativo poderiam ser tratadas apenas com terapia hormonal, que é mais barata, mais amena e com menos efeitos colaterais. Mas isso só valeria quando os tumores ainda estão em uma etapa precoce, antes de se espalhar para os gânglios linfáticos.
Os pesquisadores identificaram esse grande grupo de pacientes, que não se beneficiaria da quimio, com base em uma pontuação obtida em um teste genético, o Oncotype DX. O estudo foi publicado na “New England Journal of Medicine”.


*O Xerife.

Nenhum comentário:

Postar um comentário