segunda-feira, 16 de março de 2015

Morte por câncer de pulmão pode ultrapassar o de mama se mulheres brasileiras não largarem o cigarro

O câncer de pulmão superou o de mama como a principal causa de morte por câncer em mulheres nos países desenvolvidos. A análise é de pesquisadores da Sociedade Americana do Câncer, em colaboração com a Agência Internacional para Pesquisa sobre Câncer (IARC).

Essa questão preocupa os oncologistas, uma vez que 11,2% das mulheres brasileiras ainda fumam, de acordo com dados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS). Para o oncologista Marcelo Cruz, do Hospital São José, da Beneficência Portuguesa de São Paulo, o câncer de pulmão é uma doença bastante agressiva. “Se a incidência do câncer de pulmão em mulheres continuar aumentando no Brasil, em breve ele irá superar o câncer de mama em mortalidade, como já ocorre nos países desenvolvidos”.

O que poucos sabem é que as mulheres que fumam têm maiores chances de desenvolver câncer de pulmão quando comparadas com homens tabagistas. De acordo com o oncologista, as mulheres sofrem muito mais os malefícios do cigarro do que os homens. Em geral, elas desenvolvem a doença mais precocemente – próximo dos 50 anos.


*Do Xerife.

Nenhum comentário:

Postar um comentário