domingo, 28 de abril de 2013

Livros de autora que superou câncer ajudam crianças em tratamento


Depois de superar um câncer no intestino, em 2006, a professora Ângela Russi, começou a escrever livros para crianças internadas por causa da doença. Segundo os pais e os próprios pacientes do Hospital do Câncer de Cascavel, no oeste do Paraná, as histórias têm ajudado na recuperação dos pacientes e na aceitação do tratamento.

A coleção “Virando a Página”, composta de cinco livros, traz histórias como a da “Árvore Careca”, a de “Químio, o Caçador” – herói que procura e destrói as células doentes - e a do “Anjo Querubim”. Todos falam de algum momento da doença e de como os pacientes podem, por exemplo, superar o medo de agulhas e das reações provocadas pelo tratamento.

Segundo a autora, a ideia surgiu ainda quando estava se tratando do câncer. “Cheguei um dia no hospital e, como estava lotado, fui encaminhada para uma das alas onde as crianças passam pelo tratamento. Naquele momento, senti vontade de fazer alguma coisa para que elas entendessem por que estavam ali”, lembra.

Maria Eduarda, de três anos, é uma das pacientes recém-chegadas ao hospital e que além dos remédios passou a contar com a ajuda das histórias que são contadas diariamente pela mãe. “Ela ainda está assustada com tudo isso, mas sempre que leio os livros e ela vê os desenhos, fica mais calma”, conta Clemair Oliveira, bastante entusiasmada com o efeito das histórias que retratam a realidade da doença de forma menos agressiva.
 
Do: G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário