terça-feira, 27 de agosto de 2013

Cure de Medeiros tem reunião com vereadores e apresenta situação do Centro de Oncologia de Mossoró

O médico Cure de Medeiros esteve ontem reunido com o vereadores que compõem a bancada de oposição à gestão municipal na Câmara, composta pelos vereadores Lahyrinho Rosado (PSB), Genivan Vale (PR), Vingt-Un Neto (PSB), Soldado Jadson (PT do B), Luiz Carlos (PT), Tomaz Neto (PDT) Jório Nogueira (PSD).

O encontro serviu para ele explicar a real situação relativa aos projetos que prestam serviço à população com câncer em Mossoró e região. Sua luta é por apoio da população e classe política.

Cure relatou que a Prefeitura de Mossoró renovou todos os contratos existentes com os demais hospitais e clínicas em Mossoró e a única exceção foi o Centro de Oncologia de Mossoró (COHM), que realiza as cirurgias oncológicas. Além de não ter feito a renovação dos contratos do “plus” (adicional financeiro), o médico apresentou documentos que mostram que a Prefeitura mantêm em atraso dois meses de produção deste hospital, gerando um déficit de aproximadamente 800 mil reais.

Doações
E esse não é o único débito: Um repasse de 125 mil reais – que deveria ter sido pago ao Hospital do Câncer (Hospital da Solidariedade), pelo executivo, em cinco parcelas de 25 mil – desde o dia primeiro de setembro do ano passado, quando venceu a primeira parcela do acordo, não teve qualquer pagamento.

Quase 1 milhão de reais que afetam diretamente milhares de pessoas, correligionárias ou não da prefeita Cláudia Regina (DEM).

“Esta situação vem comprometendo seriamente os serviços aos pacientes de câncer e tem levado o Hospital da Solidariedade a depender ainda mais das doações da população”, ressalta Genivan Vale.
Inconformado com o que foi exposto e com o descaso com a saúde no município, diariamente denunciada pela população, o vereador Genivan Vale dedicou sua fala a expor essa realidade em plenário durante o pequeno expediente da sessão desta terça-feira (27). ”O câncer não pode esperar”, alertou ele.
Nenhum vereador governista pronunciou-se durante intervenção do vereador.

Fonte: Blog de Carlos Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário